Porto Seguro: Grupo de indígenas protesta contra não recebimento de bolsa-auxílio

Estudantes do curso de licenciatura intercultural indígena do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) de Porto Seguro, na Costa do Descobrimento, fizeram um protesto nesta sexta-feira (29). Segundo o Radar 64, o grupo se queixa do não recebimento da bolsa-auxílio, que ajuda nos custos de alimentação, transporte e hospedagem. Os estudantes afirmam que não há prestação de contas do Ifba ao Ministério da Educação (MEC).

 Conforme relato do grupo, o MEC teria disponibilizado R$ 400 mil por ano para a instituição de ensino repassar para 60 estudantes. Só que desde fevereiro deste ano, os estudantes dizem que não recebem a bolsa-auxílio. Os estudantes esperam uma resposta do Ifba até a próxima quarta-feira (4) com o encaminhamento da resolução do problema. Caso não ocorra resposta satisfatória, os estudantes prometem novas manifestações.

Categoria:Notícas do Brasil