Mackro fecha loja da rodovia Ilhéus-Itabuna

Os funcionários do Makro da Rodovia Ilhéus-Itabuna, em Ilhéus, foram pegos de surpresa, na manhã de quarta-feira (15), ao chegar para trabalhar. Logo no portão da loja, um aviso de que a empresa havia encerrado as atividades na loja sul-baiana. O Makro inaugurou a loja ilheense em 2010, com cerca de 150 funcionários. A empresa informou aos funcionários que haveria, para quem desejar, a opção de transferência para lojas em Minas Gerais.

No mercado, a informação é de que a estrutura na Rodovia Ilhéus-Itabuna pode ser adquirida por um grupo mineiro que já trabalha no sistema atacarejo, o Mineirão Atacarejo, que já atua no extremo-sul do Estado. Desde o ano passado, o Makro está no alvo do Carrefour, dono do Atacadão, para compra em negócio estimado em R$ 5 bilhões.

De acordo com a empresa, a venda busca assegurar “a sustentabilidade do negócio por meio da priorização e diversificação de investimentos já para 2020”. A sustentabilidade citada na nota passa pela mudança da operação, dando prioridade ao modelo de atacarejo.

Ainda como parte desta prioridade nos negócios, o Makro fechou, pelo menos, sete lojas no país, desde o primeiro semestre de 2019. Além de Ilhéus, também foram encerradas operações em Araçatuba (SP), Aricanduva (SP), Cambé (PR), Contagem (MG), Juiz de Fora (MG) e Marechal Tito (SP). O Makro é marca da holandesa SHV.


Por: 

Categoria:Notícas do Brasil